2012, Ano de Viragem

A USF-AN realizou as “Oficinas Estratégicas 2012”, no dia 7 de março, em Coimbra, reunindo a nível nacional vários líderes e profissionais dos Cuidados de Saúde Primários (CSP) e das USF, de onde resultaram várias seguintes conclusões. A USF-AN considera que as USF necessitam de uma clara e rigorosa definição dos seus princípios e das suas características, tendo construído um “BI das USF” que tornará público no 4º Encontro Nacional das USF. O sucesso das USF é possível devido à iniciativa de equipas multiprofissionais motivadas, porque compensa trabalhar bem, com autonomia e responsabilidade, avaliação e contratualização.

 

2012, o Ano de Viragem nos Cuidados de Saúde em Portugal

A USF-AN realizou as “Oficinas Estratégicas 2012”, no dia 7 de março, em Coimbra, reunindo a nível nacional vários líderes e profissionais dos Cuidados de Saúde Primários (CSP) e das USF, de onde resultaram as seguintes conclusões:

Portugal criou 317 USF e tem mais de 100 candidaturas, estando assim criadas as condições para a maioria da população portuguesa beneficiar deste inovador modelo de prestação de cuidados. Essa já é a realidade nos distritos do Porto, Braga e Aveiro.

2012 é assim um ano de viragem.

O sucesso das USF é possível devido à iniciativa de equipas multiprofissionais motivadas, com autonomia e responsabilidade, avaliação e contratualização.

A USF-AN considera que as USF necessitam de uma clara e rigorosa definição dos seus princípios e das suas características, tendo construído um “BI das USF” que tornará público no 4º Encontro Nacional das USF.

Justificando-se a revisão da legislação das USF este ano, ela deve respeitar o referido BI e tem de ser objeto de diversificados contributos, debate e participação, com forte envolvimento dos profissionais na análise da experiência vivida e no desenho das alterações a introduzir, cujo resultado final deve conduzir a uma situação mais justa, equilibrada e avançada do que a anterior e não a um retrocesso.

O 4º Encontro Nacional das USF, nos dias 10, 11 e 12 de maio, na Capital Europeia da Cultura, em Guimarães, vai ser uma forte afirmação e a grande montra das USF e dos CSP em Portugal e no mundo.

O primado dos CSP e a articulação com os diferentes níveis de cuidados, hospitalares e continuados, vai ser um dos principais temas, no sentido de implementar processos assistenciais integrados (PAI) e garantir que o doente receba os melhores cuidados de saúde, disponíveis, atempados, custo – efetivos e comparáveis.

2012 é assim um ano decisivo para o rumo das USF e dos CSP, para a saúde e a sociedade portuguesa, em que a USF-AN, promovendo a partilha, a formação e investigação, contribuirá para transformar ameaças em oportunidades, continuar o caminho de afirmação da nova cultura de cuidados de saúde, de proximidade e de qualidade, fazendo de 2012, O ANO DE VIRAGEM NOS CUIDADOS DE SAÚDE EM PORTUGAL, no contexto mais vasto de consolidação do SNS.

A Direção da USF-AN

Para consultar o comunicado completo – clique aqui

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register