Lacuna do sistema informático para suportar as alterações propostas pelos SPMS, EPE

COMUNICADO

21.abril.2021

A USF-AN teve conhecimento, através dos seus associados, da informação transmitida pelos SPMS, EPE, no dia 13 do presente mês, a todos os profissionais do secretariado clínico das Unidades de Saúde Familiar (USF), de que o módulo de marcações do sistema informático (SI) SINUS (Sistema de Informação de Unidades de Saúde) seria inativado e que o agendamento de consultas dos utentes passaria a ser feito, exclusivamente, através do SI MARTA (Módulo de Apoio a Registo de Taxas e Atos). Esta alteração seria implementada até ao dia 16 de abril.

Na mesma comunicação, os SPMS, EPE assumem que esta alteração se baseia no definido na Portaria n.º 54/2021, que por sua vez define que as unidades de saúde vão ser incentivadas à recuperação das consultas presenciais.

Na perspetiva da USF-AN, esta alteração, neste timing, é altamente disruptiva e penalizadora para os secretários clínicos das USF e restantes profissionais, por si só já penalizados com equipas reduzidas por necessidade de apoio à resposta pandémica, bem como consequente acumular de tarefas, que anula, por falta de tempo disponível, qualquer possibilidade de adaptação e aprendizagem a estes novos procedimentos. A USF-AN considera que alterações desta natureza devem ser faseadas e bem planeadas, possibilitando o tempo necessário de adaptação.

Para além disso, e embora consideramos que o SINUS (SI utilizado de momento) se encontre completamente desatualizado, sendo urgente uma substituição por uma solução verdadeiramente prática e eficaz para as equipas que necessitam de um sistema simples e facilitador, consideramos que este possui alguns módulos básicos, essenciais ao processo de agendamento de consultas, tais como: pesquisa rápida por nop/número de utente, visualização rápida da próxima vaga disponível, visualização do registo de consultas anteriores, escolha automática da agenda do médico ao selecionar o utente, entre outras, o que não acontece com a aplicação proposta MARTA.

Posto isto, apelamos aos SPMS, EPE para que reconsiderem esta alteração no imediato.

A USF-AN fará chegar aos responsáveis uma proposta com melhorias básicas do SI MARTA, nos próximos dias, que acreditamos que minimizarão o impacto nas dinâmicas de trabalho diárias e tão sensíveis nestes tempos.

Recuperando ideias já partilhadas inúmeras vezes com os responsáveis do SI da saúde,  estes devem ser facilitadores e dar apoio à prática clínica e não-clínica. Devem ser desenvolvidos sistemas que apoiem todos os prestadores de cuidados de saúde na sua prática profissional, reduzindo ao máximo a possibilidade de erros evitáveis. Estes sistemas deverão ser parte integral dos sistemas atualmente já existentes e não plataformas distintas e desconexas. Na área específica do agendamento, recordamos que o apoio à gestão de agenda deve ser focado no utente, permitindo compatibilizar as necessidades no mesmo e não no prestador de cuidados.

Continuamos a demonstrar total disponibilidade para colaborar na evolução dos sistemas de informação da saúde, em particular dos CSP, tendo em vista as melhores práticas dos nossos profissionais e acima de tudo, a saúde dos nossos utentes.

A Direção

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Unidades de Saúde Familiar - Associação Nacional