Fase de mitigação do COVID-19: CSP garantem segurança, proteção e vigilância dos seus utentes

Iniciou, às 00h00 do dia 26 de março, a fase de mitigação da pandemia da COVID-19, envolvendo todo o sistema de saúde, público e privado. Esta fase da pandemia, definida de uma forma simples, é a mais grave, sendo ativada quando existe perigo de contágio na comunidade, tendo- se perdido o controlo das cadeias de transmissão.

Esta medida definiu a criação de Áreas Dedicadas COVID-19 da Comunidade (ADC), embora muitos Centros de Saúde/Unidades Funcionais já estivessem a fazer esta triagem e separação. Contudo, e apesar disso, reforçamos a necessidade de contacto com a linha Saúde24, em caso de sintomas relacionados com a infeção COVID-19, isto antes de se deslocarem para a respetiva ADC.

Com isto, muitos receios surgem nos cidadãos que necessitam de continuar a recorrer às suas equipas de saúde familiar, uma vez que temem o risco de contágio.

Este estado de alerta e receio é geral e, infelizmente, nas últimas horas têm surgido várias notícias na imprensa nacional que, por um lado induzem os leitores em erro e por outro desrespeitam o trabalho dos profissionais dos CSP (Cuidados de Saúde Primários), que nesta fase estão também na linha da frente do combate ao COVID-19.

Apelamos a que os meios de comunicação social tenham mais cuidado e atenção no alarmismo que transmitem à população, principalmente neste momento sensível.

Não temos dúvidas de que os profissionais de saúde envidam todos os esforços para que a proteção dos utentes seja garantida, uma vez que estão criadas Áreas Dedicadas COVID-19 nos ACeS (Agrupamentos de Centros de Saúde), estabelecendo-se assim circuitos distintos dos utentes com suspeita, face aos restantes. Os profissionais no terreno estão a cumprir os requisitos definidos pelas autoridades sanitárias e necessários para assegurar esta divisão física, impedindo desta forma os riscos de contágio. Ao mesmo tempo, as unidades estão com serviços mínimos, o que significa que a atividade programada, nomeadamente consultas, estão a ser reagendadas, sendo privilegiado o contacto telefónico, por email ou outros contactos indiretos com o médico ou enfermeiro de família, para avaliar a necessidade e o risco do utente se deslocar à unidade.

Devemos, por isso, contrariar os números que foram avançados recentemente na imprensa nacional, referentes às baixas na vacinação dos portugueses, principalmente nos recém-nascidos, feitas nos centros de saúde. As unidades competentes (USF e UCSP) estão preparadas, e têm-no feito, para dar continuidade ao Programa Nacional de Vacinação (PNV) e às devidas consultas de vigilância, garantindo todas as medidas de segurança, de acordo com as normas da Direção Geral de Saúde que podem ser consultadas aqui.

Ao mesmo tempo, informação divulgada na imprensa sobre “baixas” (Certificados de Incapacidade Temporária – CIT) para cidadãos com doenças crónicas e com mais de 60 anos deve, rapidamente, ser corrigida, uma vez que o CIT só pode ser emitido pelo médico de família após avaliação da sua necessidade e apenas em caso de doença aguda ou descompensação de doença crónica, situação que não se insere no alcance que esta notícia pretende ter, nem que a própria legislação criada para o efeito lhe atribui.

Assim, consideramos que notícias desta natureza, para além de alarmar a população em geral, induzem pressão sobre as equipas de saúde, já de si sobrecarregadas nesta fase, perturbando desta forma o real combate à propagação da infeção COVID-19.

Estamos convictos de que as equipas das USF e UCSP, em conjunto com as equipas de Saúde Pública locais, estão perfeitamente alinhadas e empenhadas em conter a propagação da COVID-19, seguindo para isso, todas as recomendações de segurança emitidas pelas autoridades sanitárias.

De forma a não perturbar este espírito de missão e envolvimento das equipas, apelamos a que os Órgãos de Comunicação Social tenham mais cuidado nas informações que emitem, de forma a diminuir a pressão que atualmente se sente em todas as equipas de saúde familiar e hospitalares.

A Direção

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!