Reunião com Ordem dos Nutricionistas

12 de setembro

No passado dia 12 de setembro, a Direção da USF-AN representada pelo seu Presidente João Rodrigues e Tesoureiro Álvaro Pereira, reuniram com a Senhora Bastonária da Ordem dos Nutricionistas e restantes membros da Direção, correspondendo desta forma a solicitação da própria.

Esta reunião teve como principal objetivo discutir a integração dos Nutricionistas nas Unidades de Saúde Familiar (USF) e de que forma estes poderiam contribuir para uns CSP melhores.

Decorrida a reunião, partilhamos os temas abordados, bem como respetivas conclusões:

  1. Constatou-se que neste momento existe um número muito reduzido de Nutricionistas nos CSP, confirmando-se esta conclusão com o rácio atual de 1 Nutricionista para 110 mil utentes, quando este rácio deveria ser de 1 Nutricionista para 20 mil utentes.
  2. Mesmo com estes números, do conhecimento das entidades competentes, continua por cumprir a promessa do Ministério da Saúde, anunciada já em 2016, sobre a intenção de abertura de um concurso nacional para a admissão de 55 Nutricionistas para os Agrupamentos de Centros de Saúde (ACeS) do país.
  3. Discutiu-se a forma de como poderiam os Nutricionistas integrar e colaborar com as CSP e USF. Contribuindo para esta discussão, a USF-AN apresentou a sua publicação 7x7MEDIDAS: Novo Ciclo dos Cuidados de Saúde Primários, destacando as medidas 3 e 4 do Pila 2, focadas na garantia da adequação dos recursos técnicos e humanos para cumprimento do compromisso assistencial e na proteção e promoção da saúde, na medida em parceria com outras UF dos ACeS e Hospitais, se pudesse organizar programas de prevenção e fomento de estilos de vida saudável. Focou-se ainda o Pilar 7 desta publicação, centrado na nova geração de equipas multiprofissionais, concordando-se que os Nutricionistas devem ser incorporados nas USF, qualificando-se a articulação interna, definindo-se com clareza qual a carteira de serviços a ser executada, privilegiando a prevenção da doença e promoção da saúde, em detrimento da intervenção na doença.

No final da discussão e troca de ideias entre as organizações que assumiram um papel cooperante, definiu-se o seguinte:

  1. Deve a Ordem dos Nutricionistas definir uma carteira de serviços nacional;
  2. Propor ao Ministério da Saúde a colocação dos 55 novos Nutricionistas num projeto piloto nacional a três anos, monitorizando-se os ganhos em saúde, nomeadamente redução da incidência da diabetes, obesidade infantil.

A USF-AN continuará disponível para colaborar com todos os que trabalham em prol de um SNS melhor, de uns CSP de qualidade e de Portugueses felizes e saudáveis.

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register