Incapacidade de gerir Recursos Humanos no Ministério da Saúde – Não abertura de concursos para MGF

Calcanhar de Aquiles do Ministério da Saúde

Incapacidade de Gerir Recursos Humanos – A Chave do Insucesso do SNS

Há precisamente um mês que um grupo de mais de 30 recém-especialistas de Medicina Geral e Familiar escreveu uma Carta Aberta ao Sr. Ministro da Saúde a denunciar a sua situação: 77 especialistas em Medicina Geral e Familiar terminaram a sua especialidade a 16 de outubro de 2017.

Desde então estão à espera da abertura do concurso de colocação, tal como milhares de cidadãos continuam à espera por ter um Médico de Família.

Passado um mês nada de novo.

A 21 de fevereiro foi publicado em Diário da República a autorização de Abertura do Concurso, com identificação de vagas associadas. Passadas duas semanas, estamos na mesma situação.

Ao contrário do que foi publicitado pelo Ministério da Saúde, o concurso não abriu.

Em contactos com a ACSS temos tido conhecimento que “há quem superiormente tenha poder de decisão e não queira que o concurso avance” e que “o concurso não deverá estar concluído antes do início do mês de abril” por forma a estes recém médicos especialistas não serem colocados antes do início de maio.

Estes recém-especialistas semanalmente recebem propostas para trabalhar em Centros de Saúde através de empresas, a um valor/hora superior ao dos médicos especialistas. Como se sabe, recentemente houve um aumento significativo do recurso a empresas nos Cuidados de Saúde Primários.

Esta situação é incompreensível pelos inúmeros motivos apresentados na  Carta Aberta enviada a 06 de fevereiro de 2018.

Ao Ministério da Saúde exige-se transparência e celeridade em todo este processo.

Recordamos que esta situação:

– em nada protege os interesses dos cidadãos mais vulneráveis e sem capacidades para suportar a medicina privada;

– em nada dignifica o desempenho dos responsáveis ministeriais em funções.

Posto isto, exigimos a abertura do nosso concurso de colocação e subscrevemos a questão colocada por este grupo de recém-especialistas: 

Estes recém-especialistas não estarão colocados antes do início de maio (mais de sete meses após término da especialidade)?

A Direção

IMPRENSA

Jornal SOL

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Unidades de Saúde Familiar - Associação Nacional