Compromisso Nacional por uma Agenda de Valor em Saúde em Portugal – Cimeira de Cascais

No passado dia 10 de maio, no Campus de Carcavelos, a Nova SBE acolheu a Cimeira de Cascais, na qual a USF-AN, representada pelo Pedro Coelho e Sara Caldas, esteve presente.

Foi um evento público com um enorme valor em saúde, tendo sido o seu ponto alto a assinatura do Compromisso Nacional para um Agenda de Valor em Saúde em Portugal (consultar documento ).

Antes da referida assinatura decorreu uma conferência científica sobre a saúde, onde participaram as diversas entidades e envolveram-se todos os players dos quadrantes profissionais e sociais com relevo para a Saúde. Pretende-se com este compromisso colocar o utente no centro do sistema com o principal objetivo de melhorar a saúde em Portugal e com o mais baixo custo possível, tal como defende Michael Porter.

Há cerca de dez anos, este economista de Harvard, lançou um conceito que pretendia mudar os sistemas de saúde de todo o mundo – o conceito de prestação de cuidados de saúde com base em valor. Mais do que a tradicional prestação baseada em volume, importará considerar o valor adicionado pela prestação de um qualquer ato médico, sendo que valor são ganhos sustentados de saúde, isto é, reprodutíveis, duradouros no tempo, que produzam satisfação e tenham significado para os doentes. Obtidos ao mais baixo custo possível, ou seja, “quanta saúde sustentada podemos adquirir com cada euro gasto”.

Esta cerimónia contou com as intervenções de José Fragata, vice-reitor da Universidade Nova de Lisboa, de Salvador de Mello, presidente do Health Cluster Portugal, coorganizador desta cimeira, e de Carlos Carreiras, presidente da Câmara de Cascais.

Os painéis retrataram o valor da saúde, desde a teoria, à clínica e à gestão. Contou com investigadores nacionais e estrangeiros, que apresentaram resultados obtidos em trabalhos de investigação com dados portugueses e experiências locais. Sendo um dos pontos altos desta conferência científica, a videoconferência de Robert S. Kaplan onde partilhou os quatro princípios fundamentais para o sucesso.

Este compromisso agora assinado assenta em cinco medidas para uma saúde baseada em valor. A metodologia adotada vai permitir melhorar transversalmente a saúde em Portugal, centrar os cuidados no doente e melhorar a qualidade e o acesso, com o máximo de eficiência, ou seja, ao menor custo possível.

P’ela Direção

Pedro Coelho e Sara Caldas

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register