Revisitar Pilar II e V [7×7 Medidas] – Braga

Resultados da votação das 7 Medidas Prioritárias [Pilares II e V]

Caro(a) Profissional de saúde,

Depois de decorrido o período para votação das Medidas do Pilar II – Cuidados personalizados e de proximidade em rede – carteira de serviços e do Pilar V – Satisfação e Participação dos Utentes e da Comunidade das 7×7 Medidas: Novo ciclo para os Cuidados de Saúde Primários, apresentamos os resultados.

Realçamos que as Medida mais votadas foram “Lista de Utentes dos Profissionais das USF [Pilar II]“ e “Literacia em Saúde [Pilar V]“, passando estas a serem as principais Medida assumidas pela USF-AN nesta área.

Consulte os resultados no botão abaixo.

DATA E LOCAL

12 de abril de 2019 | 9h – 17h30 | Biblioteca Lúcio Craveiro da Silva, Braga

ENQUADRAMENTO

Passados 4 anos da publicação do 7×7 Medidas: Novo ciclo para os Cuidados de Saúde Primários, chegou a hora de o revisitar.

A prática clínica das equipas das USF está assente em conceitos que reforçam a ligação ao utente, à família e à comunidade. Mais do que nunca, os cuidados de saúde devem ser personalizados, continuados e de proximidade à população, prestados por uma equipa multidisciplinar, com autonomia para trabalhar em rede com a sua comunidade. Ao mesmo tempo, as USF devem-se adaptar para dar as respostas adequadas aos seus utentes, devendo para isso adaptar os seus serviços.

A revisitação do Pilar 2: Cuidados personalizados e de proximidade em rede – carteira de serviços, ajudar-nos-á a revalidar essas questões, atualizando-as aos dias de hoje.

A par disto, verificamos que em Portugal, apesar dos esforços realizados no contexto da reforma dos CSP, a capacitação dos cidadãos e a sua participação ativa nos processos de tomada de decisão em saúde, a nível das instituições, ainda se encontra manifestamente abaixo do desejável.

Centrar os cuidados de saúde nas pessoas e nas suas reais necessidades, continua a ser um desafio para políticos, profissionais de saúde e população. É imperiosa a promoção da literacia em saúde e a envolvência da comunidade para qua a democratização a este nível aconteça.

Relativamente aos CSP, importa reforçar a necessidade de se cumprir o legislado. É fundamental que os Conselhos da Comunidade nos ACeS sejam uma realidade e cumpram a sua cabal missão, de representar e promover a participação da comunidade nos processos de planeamento e decisão, no âmbito dos cuidados de saúde a nível local.

De referir, que a Literacia em Saúde, a Participação da Comunidade, o Voluntariado, a Avaliação da Satisfação e Financiamento de Projetos são áreas da saúde que merecem um olhar atento da sociedade, em especial dos utilizadores dos serviços de saúde. Estes querem-se mais próximos e participativos. É essencial continuar a fomentar a criação de Comissões de Utentes e Ligas de amigos, que articulem com as unidades de saúde, de forma plena, de modo a alinhar objetivos, contribuir para humanizar os contextos e aumentar os resultados em saúde para a população. Para tal, torna-se imperioso revistar o Pilar 5: Satisfação e Participação dos Utentes e da Comunidade, reformulando as novas 7 Medidas para os próximos 4 anos.

PROGRAMA

Faça download do programa

9h30 | Decisões em saúde: O papel da comunidade (Auditório)

PRELETORES

Domingos Sousa | Diretor Executivo do ACeS Cávado I Braga – Conselhos da Comunidade no contexto do ACeS Cávado I Braga

Joana Simões | Assistente Social no ACeS PIN – Potencialidades e desafios dos Conselhos da Comunidade

Bruno Santos | DECO – Projeto DECO/USF-AN: Comissão de Utentes, a minha saúde, a minha comunidade.

MODERADOR: Pimenta Marinho | Médico de Família | USF + Carandá

11h00 | Coffee-break

11h30 | Início do debate com peritos convidados (sala privada)

Revisitação das sete (7) Medidas dos Pilares II

11h30 | O cidadão no centro do sistema de saúde (Auditório)

PRELETORES

Henrique Botelho | Coordenador da CNCSP- Impacto da RCSP no cidadão

Constantino Sakellarides | Doutor em Saúde Pública e Professor Catedrático da Escola Nacional de Saúde Pública – Literacia em saúde no contexto português

Margarida Santos | Mais Participação, Melhor Saúde Cidadania participativa

MODERADORES:

Cristina Afonso| Vogal da Direção | Enfermeira de Família |USF Manuel Rocha Peixoto

João Rodrigues | Presidente da Direção | Médico de Família | UCSP Celas

13h00| Almoço (livre)

14h30 | Início do debate com peritos convidados (sala privada)

Revisitação das sete (7) Medidas dos Pilares V

14h30 | Ajuste da dimensão ponderada da lista de utentes por profissional: uma prioridade para garantir a qualidade assistencial! (Auditório)

PRELETORES

Ricardo Mestre | Vogal do CD da ACSS – Realidade Nacional e perspetivas futuras, face aos ponderadores de listas de utentes por profissional e carteira de serviços

Angelina Francisco | Secretária do Conselho Diretivo da Ordem dos Enfermeiros – Dotações seguras vs qualidade assistencial e carteira de serviços

José Luís Biscaia | Membro da CNCSP- Impacto da dimensão da lista de utentes na qualidade assistencial: ponderadores atuais vs outros ponderadores de impacto

Mª Carmo Neves da Silva | Docente do Ensino Superior – As equipas de saúde, as cargas de trabalho e suas repercussões nos resultados assistenciais

MODERADORES: 

Paulo Santos | Vice-presidente da Direção | Secretário Clínico |USF São João do Porto

Susana Vilas Boas | Vice-presidente da Direção| Médica de Família | USF Bom Port

16h00 | Resumo da validação dos peritos

Sete (7) Medidas dos Pilares II e V para os próximos quatro anos

16h45 | Sessão de Encerramento

17h00 | Lanche

APRESENTAÇÕES

Consulte as apresentações aqui.

GALERIA

Reveja alguns momentos aqui.

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!