11º Encontro Nacional das USF

40 anos após a Conferência Global de Alma-Ata, 36 anos depois da Conferência Europeia “Cuidados de Saúde Primários em Países Industrializados”, 12 anos decorridos desde a publicação do Decreto-lei das USF, a USF-AN organiza o seu 11º Encontro Nacional das USF,  dias 29 e 30 de novembro, no Monte da Caparica – Almada (Cooperativa de Ensino Superior Egas Moniz).

Este Encontro, o primeiro a sul do rio Tejo, terá lugar na área de influência do ACeS Almada-Seixal, que sempre tem estado na vanguarda da Reforma dos Cuidados de Saúde Primários, sendo o ACeS de Lisboa e Vale do Tejo com maior número de USF (18).

Esperam-nos dois dias intensos de trabalho e partilha, em que iremos discutir e reinventar o conceito (e a prática) do Centro de Saúde – A Rede das Redes!

O momento político será oportuno, imediatamente após as legislativas. Tentaremos envolver todos os decisores no debate, procurando contribuir para que, nos próximos quatro anos, haja um verdadeiro investimento nos Cuidados de Saúde Primários e, consequentemente, na eficiência e sustentabilidade do nosso Serviço Nacional de Saúde.

No Programa constarão sessões plenárias relacionadas com o lema do Encontro e workshops dos mais variados temas. Teremos também o habitual Acontece’19, com apresentações em póster e comunicações orais sobre o que de melhor se faz nas nossas USF.

Haverá ainda tempo para conviver, descontrair e, se S. Pedro o permitir, desfrutar do «Sol da Caparica»!

Contamos convosco!

Alexandra Fernandes

Médica de família, USF Fernão Ferro MAIS

Presidente do 11ºENUSF

*** Faça download do cartaz 

Abaixo apresentamos o programa do 11º Encontro Nacional das USF.

Esperam-nos dois dias intensos de trabalho e partilha, em que iremos discutir e reinventar o conceito (e a prática) do Centro de Saúde – A Rede das Redes!

O programa é composto por Sessões Plenárias (Grande Auditório) e Workshop (Auditórios 1, 2 e 3).

Em cada Worhshop está identificado os respetivos destinatários.

Brevemente teremos o programa descritivo.

Pode fazer download do pdf.

Caro(a) Associado(a) e profissional dos CSP,

Neste momento já é possível realizar a inscrição no 11º Encontro Nacional das USF.

As inscrições têm os seguintes PREÇOS:

SÓCIOS USF-AN

  • MF – 70€
  • EF- 50€
  • MI – 50€
  • SC – 30€  
  • Outro Profissional – 40€

ESTUDANTES (ensino pré-graduado mediante apresentação de comprovativo)

  • Estudante – 20€

NÃO SÓCIOS

  • Qualquer profissão – 200€

No dia 29 de novembro, ao final do dia, teremos um Momento de Convívio, no local do evento. A participação neste momento tem um custo adicional de 9€.

No momento da inscrição poderá selecionar os Workshop que pretende frequentar, sem qualquer custo adicional. Estes estão limitados a 50 participantes cada.

Informamos que é possível utilizar os Incentivos Institucionais para suportar os custos associados à participação no 11º Encontro Nacional das USF, à semelhança do que tem acontecido nos anos anteriores.

Para tal, basta que as USF e UCSP tenham nos seus Planos de Aplicação de Incentivos Institucionais (PAII), verba disponível para aplicar na área FORMAÇÃO.

Se assim for, poderão utilizar essa verba para assegurar a inscrição dos seus profissionais no 11º Encontro Nacional das USF.

Para realizar o procedimento de forma correta, por favor consulte a informação disponível no documento.

Nos anos anteriores a articulação entre as ARS e a USF-AN tem sido positiva, pelo que se a verba para a área da formação estiver garantida nos vossos PAII e o procedimento descrito for cumprido corretamente, garantirão a vossa participação no 11º Encontro Nacional das USF.

Esperamos poder ver-vos a todos em Almada!

Até breve!

**NOTA: para facilitar a inscrição como associado, por favor faça primeiro login na Área Reservada antes de clicar no respetivo botão. Desta forma simplificará o processo.

À semelhança do que tem acontecido nos anos anteriores, o programa do 11º Encontro Nacional das USF, que decorrerá nos dias 29 e 30 de novembro de 2019, em Almada, vai incluir um espaço para comunicações orais e em póster.

No ACONTECE’19 podem participar todos os profissionais das USF, todos os profissionais de outras Unidades dos ACeS e dos Cuidados de Saúde Primários, Internos de MGF ou de outras especialidades e alunos de enfermagem ou de medicina.

O ACONTECE’19 tem como objetivo ser um espaço de partilha de boas práticas e de experiências inovadoras no âmbito dos cuidados de saúde primários.

A submissão de trabalhos para apresentação em comunicações orais e em póster iniciaram no dia 19 de agosto de 2019 e abordavam questões relacionadas com os seguintes temas:

1. Reinventar o papel dos profissionais de saúde das UF

Numa era em que o tempo é um recurso escasso, importa esclarecer o papel de cada profissional de saúde nas micro-equipas. Pretende-se abordar o perfil e as tarefas a desempenhar por um secretário clínico, enfermeiro de família ou médico de família no seio de uma UF, bem como encontrar novas formas de organizar atividades evitando a redundância de funções em equipa. Também com a informatização crescente, se torna cada vez mais necessário apelar à criação de sistemas de informação facilitadores do trabalho em equipa.

2. Reinventar as “relações de condomínio” no Centro de Saúde

Pretende-se discutir o futuro na articulação entre as várias UF dentro do ACeS (URAP, UCC, USP), os recursos disponíveis e qual a utilização que lhes é dada, bem como a divulgação de projetos ou protocolos de articulação existentes entre UF. 

3. Reinventar as relações dos ACeS com a Comunidade

Este tema visa abordar tópicos como o futuro da descentralização da saúde, o Conselho Municipal de Saúde e o diagnóstico local e o seu papel para os novos planos de ação das Unidade Funcionais. 

4. Reinventar respostas para as assimetrias regionais

De norte a sul de Portugal são notórias as assimetrias regionais. Estas relacionam-se não só com o número de profissionais das várias categorias profissionais que compõem os ACeS, com as instalações físicas, passando também pelas diferenças no internato de formação específica em MGF. Este tema visa debater as assimetrias e procurar soluções para as atenuar. 

5. Reinventar soluções para os utentes sem equipa de família

Em algumas regiões do país a problemática dos utentes sem equipa de família mantém-se. Urge a necessidade de dar resposta e equidade de acesso aos cuidados de saúde para estes utentes. Alguns projetos poderão contribuir para ultrapassar esta dificuldade a curto prazo.

Existiu um REGULAMENTO para garantir a equidade das candidaturas.

Datas Importantes

  • 30 de setembro de 2019 – data limite para submissão de resumos
  • 31 de outubro de 2019 – data limite para comunicar a “aceitação” ou “não-aceitação” (a ser feito pela organização)
  • 24 de novembro de 2019 – data limite para disponibilizar a apresentação (aplicável apenas às comunicações orais)

Candidaturas

Dado que os trabalhos já foram selecionados, deixamos livro de resumos do mesmos para consulta.

Agradecemos a participação!

Com o objetivo de apoiar os participantes do 11º Encontro Nacional das USF, a USF-AN desenvolveu parcerias com algumas unidades hoteleiras, estando estas a aplicar descontos nas estadias.

Para usufruir do desconto basta informar que são participantes do 11º Encontro Nacional das USF.

Todas as reservas devem ser realizadas diretamente com a unidade hoteleira.

Conheça os nossos parceiros:

Estrelas: **

Preço: Single/Duplo/Twin – 35,00€

Reservar aqui

Preço: Single – 30,00€ |  Duplo/Twin – 40,00€

Reservas para o email res@hotel-real.pt

Estrelas: **

Preço: Single – 32,00€ | Duplo/Twin – 40,00€ | Triplo – 52,00€

Reservas para o email reservas@hcolibri.com

Preço: Single – 60,00€ | Duplo – 70,00€

Reservas para o email reservas@aldeiadoscapuchos.pt

Informar do código ENUSF1019

Preço: Single – 67,00€ | Duplo/Twin – 77,00€

Reservas para o email ha040-sl@accor.com

Informar do voucher 11º Encontro Nacional das USF

Automóvel – partindo da Praça de Espanha ou Eixo N-S, tomar a auto-estrada A2 no sentido de Setúbal (A2-Sul), virar à direita logo após a travessia da Ponte 25 de Abril na indicação “Caparica” e seguir pela via rápida da Costa de Caparica (IC20) até à saída ”Monte de Caparica”, seguindo o percurso indicado no mapa. Vindo de Setúbal, apanhar a a auto-estrada A2 no sentido de Lisboa, virar à direita na indicação “Caparica” (antes da Ponte 25 de Abril) e seguir pela via rápida da Costa de Caparica (IC20) até à saída ”Monte de Caparica”, seguindo o percurso indicado no mapa.
Coordenadas GPS: Latitude: 38°40’2.52″N | Longitude: 9°11’57.26″W

Comboio – através dos comboios da Fertagus (vindo de Lisboa ou de Setúbal/Coina), com saída na estação do Pragal. Tomar: o Metro no sentido Universidade (linha 3), com saída no Monte de Caparica; ou os autocarros da TST, com destino a Marisol (126), Fonte da Telha (127), Trafaria (125) ou Costa de Caparica (124/194), com descida no Monte de Caparica (R. Trabalhadores Rurais/Largo da Igreja).
Horários e outras informações: http://www.fertagus.pt/

Metro Transportes do Sul (MTS) – vindo de Cacilhas (directo) ou Corroios (com mudança de linha), apanhar o metro da Linha 3, em direcção à Universidade e sair na paragem do Monte de Caparica.
Horários e outras informações: http://www.mts.pt/

Autocarro – vindo de Lisboa: usar os autocarros dos Transportes Sul do Tejo (TST) que ligam a Praça de Espanha (metro Praça de Espanha) ou Areeiro (metro Areeiro) à Costa de Caparica, devendo apear-se na paragem da portagem da Ponte 25 de Abril. Qualquer autocarro da TST que parta destes locais e que pare na paragem da portagem da Ponte 25 de Abril também servirá, incluindo o autocarro n.º 753 da Carris (que parte da Pç. José Fontana, passando pelo Marquês de Pombal e Amoreiras).
A partir da paragem da portagem, subir a rampa para o Pragal e tomar os autocarros da TST, com destino a: Marisol (126), Fonte da Telha (127), Trafaria (125) ou Costa de Caparica (124), com descida no Monte de Caparica (R. Trabalhadores Rurais/Largo da Igreja).
Vindo de Cacilhas tomar os autocarros da TST, com destino a: Marisol (126), Fonte da Telha (127), Trafaria (125) ou Costa de Caparica (124), com descida no Monte de Caparica (R. Trabalhadores Rurais/Largo da Igreja).
Vindo da Costa de Caparica apanhar o autocarro para Cacilhas (124) ou Pragal (194) e sair no Monte de Caparica (R. Trabalhadores Rurais).
Horários e outras informações: http://www.tsuldotejo.pt/ e http://www.carris.pt/

Barco – do Cais do Sodré (metro Cais do Sodré) para Cacilhas, através dos barcos da Transtejo. Após a chegada a Cacilhas, apanhar o metro ou autocarro (conforme indicações acima referidas). Pode também apanhar o barco na estação de Belém para o Porto Brandão seguido de autocarro da TST para o Monte de Caparica, com descida na R. Trabalhadores Rurais.
Horários e outras informações: http://www.transtejo.pt/

Coorganização

Apoios

Apoios (géneros)

Apoios (organização)

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Don't have account. Register

Lost Password

Register

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!