Coaching e Organizações Positivas

Enquadramento

Facilitar a cada um a liderança pessoal do Pulsar Auto-regulado da Existência à Essência e da Essência á nova Existência de forma cada vez mais integral consciente e com sentido pleno com uma Postura Positiva de Excelência Constante de “Self-Transforming”:

“BE Great Helping Others to BE Great”

No âmbito das prioridades estratégicas para o novo ciclo dos CSP, salientadas no livro 7 x 7 Medidas, é uma prioridade da USFAN criar cursos avançados de formação (CAF) no âmbito da Academia de CSP visando promover e facilitar a formação para a melhoria contínua ao longo da vida.

Neste contexto, com uma metodologia inovadora, com este CAF propomos um trabalho centrado no indivíduo/profissional de saúde no sentido de ele criar mecanismos, estratégias, utilizar ferramentas e serviços para a conceção de um plano pessoal de auto-regulação para uma postura na vida de “Self-Transformingpara um Corresponsabilização que leve á Excelência, ativando a sua motivação intrínseca para uma maneira de estar na vida positiva que influencie no desenvolvimento e sustentação de uma USF positiva promovedora desse mesma postura nos seus utentes e parceiros.

Para se desenvolver uma Postura Positiva de Excelência Profissional numa USF não basta desejar sê-lo, embora a vontade pessoal de superação, a crença na transformação e a disponibilidade para servir a Equipa constituam determinantes de partida essenciais e todos os Profissionais de Saúde são convocados a comprometerem-se com esta prática de cidadania organizacional.

Ser um Profissional que, para além da sua posição e profissão, assume comportamentos, pratica valores e cumpre compromissos em que a Equipa se inspira, se revê e admira.

Nestes tempos pautados pela desconfiança em muitas práticas, associadas a crises de ética organizacional, caracterizadas por opacidade e ambiguidade nos valores, posturas de fachada irrepreensíveis, acompanhadas por estratégias privadas de total desrespeito por valores essenciais de cidadania e ética, constitui um ato de coragem querer ser um Profissional nos tempos atuais, um valor essencial e padrão distintivo de um Ser Humano inspirador, cuidador e transformador.

Assumir uma postura positiva de melhoramento constante baseada em princípios e valores inequívocos, que respeitem e promovam uma cultura baseada na cidadania, na participação e cooperação, na partilha e respeito pela diversidade, na responsabilização e na prestação de contas à Equipa e desta ao ACES e à Comunidade, constituirá o desafio estratégico Profissionais nos CSP.

Partindo destes pressupostos emerge, necessariamente, uma constelação de estilos e práticas distintivos e inspiradores para Colaboradores Coordenadores e Conselhos Técnicos das USF dentro e fora dessas USF, que deverão convergir e consolidar uma marca postura distintiva em permanente construção por uma comunidade positiva, que deflecte, critica, dissemina, assegura a sua sucessão, pela construção permanente de uma cultura comum visível, não nos discursos, mas na sua assinatura organizacional, registada nos mais pequenos detalhes dos seus comportamentos e nas vidas das Equipas.

Objetivos

  • Elevar a qualidade de vida a partir da estimulação de uma mudança e transformação contínuas, consistentes e persistentes na forma de viver, fundadas no compromisso com a vida auto-gerida e auto-monitorizada pelo próprio (indivíduo, equipa, organização), minimizando e diminuindo estados de desânimo, falta de sentido, solidão, revoltas e medos.
  • Promover a auto-confiança, o otimismo, a esperança, a resiliência, facilitar a criação de novos hábitos, novas posturas de vida, desenvolver o sentido de comunidade, o alinhamento de valores, a alegria de viver e a contínua celebração da vida.
  • Consciencializar, reforçar, mesmo estimular o potencial da capacidade positiva da relação com a vida e as suas dimensões.
  • Refletir sobre práticas de uma postura positiva transformadora, fundamentadas em princípios inspiradores de um código transformacional”, estimular o investimento contínuo da Equipa e dos profissionais na busca da excelência pessoal, da superação, por via da cooperação e aprendizagem partilhada, visando a preparação da Equipa para participar nas mudanças e desafios do novo ciclo dos CSP promovendo uma conexão contínua com uma matriz de excelência
  • Investir na facilitação da auto-regulação e responsabilização dos membros das Equipas, enquanto oportunidade de desenvolvimento das suas mais positivas e transformação humana integrais, geradoras de mudanças, aos níveis intrapessoal, interpessoal, social, organizacional, comunitária e ecológica.
  • Promover o empowerment na e da USF, como Equipa Positiva e Saudável, valorizando práticas integradoras, ativas e responsabilizadoras, o que favorecerá, por um lado, uma cultura participativa e promissora de estilos de vida saudáveis dos cidadãos e comunidades servidas e, por outro lado, minimizará a presença dos riscos psicossociais no trabalho e a emergência de práticas balizadoras da USF como espaço de trabalho saudável.
  • Elaborar o perfil comportamental (com base no instrumento DiSC se participarem mais de 3 elementos da mesma USF) que permite antecipar áreas de desenvolvimento pessoal, de equipa e de USF, dá uma perspetiva aprofundada sobre pontos fortes e aspetos a melhorar, identifica dominâncias, motivações, estilos de liderança… fornecendo pistas e ferramentas para uma base de trabalho concreta para o arranque da elaboração do plano de ação.

Conteúdo programático

AUTOFORMAÇÃO

    • Elaboração de diagnósticos e estilos pessoais: Roda da Vida, Roda de Valores, Preferências Pessoais, Padrões de Comportamento
    • Elaboração do perfil comportamental pormenorizado com a oferta de um relatório exaustivo durante a formação se estiverem presentes pelo menos 3 elementos da sua USF
    • Identificar os principais fatores críticos que tiveram impacto/levaram a situações marcantes positivas a integrar em situações futuras
    • Identificar os principais fatores críticos que tiveram impacto/levaram a situações marcantes negativas a serem trabalhados
    • Preparação da estrutura de planos de ação pessoais
    • Com base em textos e casos práticos identificar boas práticas e propostas de ações sobre os fatores críticos identificados e sobre os temas propostos – desafiar para uma reflexão critica

 

FORMAÇÃO EM SALA

  • Discutir diagnósticos e situações partilhadas na autoformação referentes quer aos fatores críticos identificados quer às boas práticas e ações propostas; Facilitar a percepção pessoal e Consciência pessoal, potencializadoras de talentos individuais;
  • Compreender e experienciar os princípios de uma Organização Positiva recorrendo a momentos de reflexão crítica e análise das implicações do seu estilo pessoal;
  • O Coaching enquanto processo de criação de um contexto para acelerar resultados e sustentá-los no tempo. O Coaching baseado em técnicas validadas de mudança comportamental, ajuda a esclarecer metas e objetivos, a alinhar valores, metas e ações, aumentar o sentimento de pertença e responsabilidade, oferece suporte, desafia, aumenta o foco, reforça mudanças de comportamento. Com Coaching os indivíduos aumentam o seu autoconhecimento e consistência, examinarem as suas necessidades e valores, entenderem as suas motivações, desenvolverem as suas habilidades e competências, removerem bloqueios mentais, aumentam a sua performance e alcançam uma mudança sustentável. O Processo de Coaching é um processo estruturado, confidencial, personalizado voltado para o futuro tem o intuito de elevar positivamente a performance de cada um com uma abordagem pragmática focada na realização de objetivos para que os resultados apareçam e se perpetuem ao longo do tempo
  • A Psicologia Positiva e o desenvolvimento das capacidades psicológicas positivas, como a autoconfiança, o otimismo, a esperança e a resiliência, entendidas enquanto estados que tendem a apresentar grande estabilidade ao longo do tempo, e não traços efémeros e suscetíveis de mudança tendo em vista o incremento de desempenho, O capital psicológico é um conceito cada vez mais valorizado no mundo empresarial.
  • Estratégias de Automonitorização e Autorregulação para produzir e fomentar a mudança útil e não controlar a complexidade. Líderes que resumem o sentimento geral de comunidade; que simbolizam, legitimam e fortalecem o comportamento de acordo com esse sentimento;
  • Vivências em grupo de Mindfulness (o fitness integral da Nova Era) para otimizar o criar “gatilhos” e “ancoras” pessoais para implementar e incorporar novos hábitos duradouros. Fomenta uma maior consciência, clareza e aceitação da realidade de cada momento presente ganhando acesso imediato aos recursos internos, potenciadores do discernimento, da transformação, cura e criação de sistemas de autorregulação e automonitorização
  • Estratégias para a Sustentação da mudança trabalhando conteúdos vivenciais em grupo, facilitadoras da integração do desenvolvimento e da expressão dos potenciais humanos. As Vivências em grupo amadurecem a Identidade comum, os vínculos existenciais acelerando e potenciando o desenvolvimento sustentado das pessoas, das equipas setoriais, e da Unidade de Saude Familiar, em prol de uma postura que promova uma Organização positiva, possibilitada por planos de sucessão naturais.
  • Refletir e enriquecer as diferentes propostas de planos de ação e apresentar as conclusões/ações discutidas em grupo;
  • Lançar as bases de uma Comunidade de práticas que levem e sustentem USF Positivas.
    • Analisar relatórios de perfis comportamentais elaborados enquanto base de arranque facilitadora da estruturação e elaboração de planos de ação pessoais. Relatórios elaborados e oferecidos quando estiverem mais de 3 formandos da mesma USF presente.
  • Operacionalizar um Plano de Ação individual a implementar na USF.

Organização

Modalidade: formação online (5h) + formação em contexto presencial (15h) + formação/acompanhamento em contexto de trabalho (10h)
• Início da formação assistida (online).
• Formação em sala de 15 horas
• Acompanhamento de trabalho prático: 10h de formação assistida, solicitada pelos formandos, via online, para validação, execução e acompanhamento dos trabalhos na plataforma Sapo Campus.

Coordenadores

Coordenador Científico: Ana Cristina Azevedo, Psicóloga Clínica, Formadora da Quadros & Metas
Coordenador Pedagógico: Ana Cristina Azevedo e Catarina Evangelista
Formador(es): Ana Cristina Azevedo e Moshe Shimshoni

Preço

Sócio

a definir

Não Sócio

a definir

Tem interesse neste CAF?

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password